Senado Federal agracia Inês Santiago com o Prêmio Bertha Lutz

Criado pelo Senado Federal em 2001, o Diploma Mulher-Cidadã Bertha Lutz, ou Prêmio Bertha Lutz já homenageou a ex-primeira dama Ruth Cardoso, a médica Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança e a farmacêutica Maria da Penha, inspiradora da lei que trata da violência doméstica e, nesta edição irá agraciar 20 personalidades no Brasil, entre elas a presidente da Federação das CDLs de Mato Grosso do Sul, Inês Santiago.

A solenidade de entrega do Diploma Bertha Lutz às agraciadas, em seu 20º ano, será no próximo dia 23 de março, no Plenário do Senado Federal.

A presidente da FCDL MS ressaltou a gratidão pela homenagem. “Fiquei imensamente emocionada e feliz. Receber o Prêmio Bertha Lutz é uma imensa honra e reconhecimento do trabalho desenvolvido e nós só temos a agradecer”.

A indicação veio da Senadora Simone Tebet, com aprovação do Senado Federal, a qual a presidente Inês Santiago agradeceu o reconhecimento.

Bertha Lutz
O nome do prêmio é uma homenagem à bióloga Bertha Maria Julia Lutz (1894-1976). Ela foi uma das pioneiras do movimento feminista no Brasil, responsável por ações políticas que resultaram em leis que deram direito de voto às mulheres e igualdade de direitos políticos no início do século 20.

Category