Pesquisa CNDL aponta que idosos estão mais conectados à internet

O número de idosos com acesso à internet tem avançado nos últimos anos. De acordo com a pesquisa realizada pela CNDL – Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e SPC Brasil, em parceria com a Offer Wise Pesquisas, em 2018 eram 68% de idosos navegando na rede mundial de computadores e chegando aos 97%, em 2021.

Entre as pessoas com mais de 60 anos conectadas, o principal interesse está em se informar sobre economia, politica, esportes e outros assuntos, perfazendo um percentual de 64%. Além disso, 61% tem usado a internet para manter o contato com outras pessoas e 54% se conectam para buscar informações sobre produtos e serviços.

Segundo 84% dos entrevistados, o principal meio de acesso é o smartphone, um crescimento de 8% em relação à 2018, período em que 37% usam notebook e 36% computador desktop.

O presidente da CNDL, José César da Costa, destaca o impacto da pandemia no aumento de idosos que acessam à internet. “A pandemia acelerou ainda mais o processo de transformação digital, e com os idosos não foi diferente. Muitos passaram a utilizar redes sociais e videoconferências para manter contato com familiares e se informar. Sem contar a necessidade de fazer as compras de forma mais segura”, afirma Costa.

Para a presidente da FCDL MS – Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso do Sul, Inês Santiago, esse crescimento reforça a importância desse consumidor para o mercado. “Assim como outros públicos, também os idosos estão se adequando a uma realidade trazida e antecipada pela pandemia. É um público que merece atenção especial”.